Outros colecionadores

Entrevista com Samira

Na edição de hoje, o Barbies Collectors entrevistou a Samira do blog My Barbie Doll, um dos meus favoritos lugares na Web que tratam sobre a Barbie, inclusive foi a partir dele que surgiu a ideia de criar o BC e a partir disto posso conversar e passar para vocês as novidades sobre a Barbie. Acredito que os meus blogs me deram mais liberdade de expressão e abriu portas para muitas amizades. Através destas entrevistas, conheci pessoas maravilhosas e com muito para me passar, cada um com seu modo.
Há tempos que queria convidar a Sam para participar de uma entrevista. Sabia que ela tinha muito para contar-nos assim como o blog dela que sempre traz novidades e tira aquelas dúvidas que nós, colecionadores iniciantes queríamos tirar.
Ela atendeu as minhas expectativas quanto à entrevista. Sempre quando envio as perguntas fico ansiosa para ver as respostas. É por meio delas que vejo um pouco do histórico daquele colecionador (tenho quase certeza que os leitores do My Barbie Doll irão gostar) ou se passou por algo que passei.
Cada colecionador que entrevistei deixou sua forma de ver e pensar sobre o Mundo Barbístico. Por este motivo, afirmo que todos foram importantes para a formação deste blog que aos poucos foi dando um jeitinho ali e aqui, fazendo o melhor (sempre com suas delimitações) para vocês, meus queridos leitores!
Espero que gostem desta entrevista e que eu possa ter o apoio de vocês para muitas outras.

 

1-Há quanto tempo você coleciona Barbies?
Coleciono há aproximadamente dois anos e meio e tenho 86 bonecas, entre Barbies, Kens e amigos da Barbie. Também coleciono bonequinhas de porcelana da DeAgostini (Damas de época). No blog mantenho uma página com as Dolls que fazem parte da minha coleção (http://mybarbiedoll.com.br/my-collection-minha-colecao/), onde também é possível acessar um link com fotos reais das bonecas.

 

2-Por que você começou a colecionar Barbies?
Tive Barbies na minha infância, mas durante a adolescência as deixei de lado. Anos depois, já adulta, comecei a pesquisar sobre o assunto e descobri que a Mattel produzia uma linha especial para colecionadores. Analisando as bonecas da linha Collector me encantei e comecei a adquirir, mas não só Collectors. Também compro Playline, sempre que me agradam.

 

3-Qual foi a sua primeira Barbie e o que mais lhe chama atenção nela?
Minha primeira Barbie de coleção foi a Cynthia Rowley. Achei a caixa fofa, com lacinho azul, e quando vi a boneca também a achei muito diferente. Gosto da roupa, dos acessórios e da embalagem, claro. Quando vejo uma boneca que julgo interessante, mas que também tem uma caixa especial, isso me cativa e faz com que adquira o produto.

Foto: BC/Mattel;
Cynthia Rowley; Foto: BC/Mattel.

 

Cynthia Rowley; Foto: Samira

 

Caixa da Cynthia Rowley ; Foto: Samira

4-Qual seu estilista favorito das Barbies Collectors?
Sou fã do Robert Best, principalmente pelo fato de ser o designer da Barbie Fashion Model Collection. Acho as Silkstones – bonecas feitas neste material e que integram a BFMC – muito elegantes, além do esmero e riqueza de detalhes dos trajes e acessórios de cada uma, então decidi também investir nesta coleção. É claro, outros designers também fazem excelentes trabalhos, como são os casos de Byron Lars, Bob Mackie, Linda Kyaw, entre outros.

 

5-Qual a Barbie que você mais gosta? Por quê?
É difícil eleger uma entre tantas que anualmente são lançadas, fora as que já foram lançadas em anos anteriores. Se fosse eleger uma da minha própria coleção, seria a BFMC The Siren. Encanta-me o modo elegante como está além do vestido. O olhar misterioso também é algo que gosto muito. Tenho um carinho muito especial por ela, e se um dia fosse me desfazer da coleção – espero que isso não aconteça tão cedo – não a daria, tampouco venderia. Apesar de não ter sido a minha primeira boneca, é uma das minhas preferidas.

 

6-Qual Barbie que você não tem e que seria o seu maior sonho de consumo?
Outra pergunta difícil de responder, porque são tantas as bonecas que desejo ter um dia, que simplesmente é difícil eleger apenas uma. Mas hoje gostaria muito de ter a Tokidoki, pela polêmica causada em torno de suas tatuagens, além de ser atualmente uma boneca rara e muito cara. Fora a caixa, que é linda! (Sou suspeita para falar de caixas de bonecas…).

tokidoki Barbie; Foto: BC/Mattel.

7-Como você faz para manter suas Barbies sempre limpas?
Atualmente minha coleção está dividida: parte se encontra exposta, fora da caixa, mas dentro de uma cristaleira – que comprei especialmente para expô-las -, e a outra parte (mais da metade) dentro de suas embalagens originais. Sempre que compro uma, a retiro da caixa, admiro tiro fotos para meu blog (www.mybarbiedoll.com.br) e as reponho novamente. As que estão na cristaleira são todas as Silkstones, entre outras que considero mais especiais (Grace Kelly The Bride, Pepper By Byron Lars, Generations), entre outras. As demais mantenho nas caixas em prateleiras de vidro e semanalmente limpo as prateleiras com pano úmido, seguido de pano seco para enxugar bem e evitar que o local fique molhado. Vejo caixa por caixa para analisar se não há nenhum ponto de mofo, umidade ou pragas como traça, por exemplo, e estando normais, as reponho na prateleira. Além disso, também deixo em cada prateleira potes de Seca-mofo (com sílica) para reter a umidade e evitar que atinja as bonecas. As que estão na cristaleira analiso uma a uma para verificar se estão em perfeitas condições, limpo o armário – antes, retiro todas –  e as reponho em seguida. Também deixo potes de sílica dentro da cristaleira para reter umidade. Porém, como o armário tem portas de vidro, demora a ter problemas como poeira, por exemplo, e acabo limpando-o quinzenalmente. Mas um dia pretendo retirar todas da embalagem, é claro, caso tenha armários fechados com portas de vidro para evitar danos.

Foto: Samira
Foto: Samira

8-Quais critérios você usa para escolher suas Barbies Collectors?
As que eu gostar! Cheguei um tempo a me dedicar somente às BFMC (Silkstones) e às classificadas como Gold Label, mas por serem mais caras e, quanto mais raras, mais caras ainda, então, parei com esse critério e hoje compro somente as que gostar mais, independente do Label ou da linha (se Collector ou Playline). Admiro quem consegue ter um foco definido, mas a cada ano são tantas as bonecas lindas lançadas pela Mattel que seria muito difícil evitá-las e comprar somente as de um critério específico.

 

9-Como os seus familiares/amigos reagem ao fato de você ser um colecionador de Barbies?
Minha família me apoia e até me dá Barbies, de vez em quando. Meu marido super apoia e inclusive participa da minha coleção, opinando e comprando algumas bonecas. Como ele e eu somos cinéfilos, também gostamos de comprar bonecas que representem filmes e unir ambos os hobbies. O meu filho também se diverte quando adquiro uma boneca nova.

 

10-Qual mensagem você deixa para outros colecionadores de Barbies?
Independente se é homem ou mulher, criança ou adulto, é muito importante fazer aquilo que se gosta, que lhe traz felicidade, sem que prejudique sua vida financeira ou física e mental. Procuro dizer aos colecionadores que estão começando que hobby é algo super saudável, mas que quando começa a atingir sua vida financeira, trazendo dívidas, por exemplo, isso é um mau sinal. Considero como vício aquilo que lhe traz dano, psíquico ou financeiro. Se a coleção de Barbies lhe proporciona isso, é porque não é um hobby. Tornou-se um vício. Portanto, é bom manter um equilíbrio. E quanto ao preconceito, não liguem para que os outros irão pensar: o importante é você curtir aquilo que lhe dá prazer, satisfação e felicidade. Assim a vida fica bem melhor, para você e para quem está ao seu redor.

Nesta foto: Samira ao lado de Robert Best; Divulgação: Samira do My Barbie Doll.

 

Confiram blog da Samira,  http://mybarbiedoll.com.br/, e fiquem por dentro de todas as novidades sobre a Barbie (confesso que sou fã da carteirinha) e vejam sempre os Reviews, onde a Sam fala especificamente de uma de suas Dolls. Vale a pena ver também a galeria do Flickr, cheia de fotos lindas!

 

Grace Kelly The Bride; Foto: Samira

 

The Secretary; Foto: Samira

 

E aí, o que vocês acharam da Sam? Atendeu as expectativas de vocês?

4 comentários em “Entrevista com Samira

  1. uhasuahsuahsuahsuhas que legal a entrevista.Me ajudou muito a como limpar minhas fofinhas,ainda tenho que mostrar minha mãe essa parte huashauhsahsauhs.Magda,hoje é meu aniversário e estou fazendo 11 anos.
    Beijos,Dhara.
    P.S. Te mandei um e-mail com o contato do Carlos.

    1. Olá Dhara!
      Parabéns minha amiguinha! Que Deus te dê muitos anos de vida cheio de vitórias!
      É, eu amei as respostas da Sam. Ela é super gente boa! e o MBD tb.
      Já vi o e-mail e muito obrigada! mal esperava por ele!
      Beijos e um ótimo domingo!
      P.S. Já entrou em contato com a Sandra?

Deixar um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s