Bernardo Guedes:Em algumas situações me questiono se é o Bernardo que está ali ou o Ken

Sempre trazendo outros colecionadores, o nosso tema de hoje é o fofo Bernardo Guedes do blog kens klub. Jornalista e ator de apenas 34 anos reside em Nova Hamburgo, Rio Grande do Sul. Apaixonado pelo boneco Ken, nos conta um pouco sobre o hobby.

Foto: Bernado Guedes para o Barbies Collectors.
Foto: Bernado Guedes para o Barbies Collectors.

Continue Lendo “Bernardo Guedes:Em algumas situações me questiono se é o Bernardo que está ali ou o Ken”

Anúncios

Conhecendo a Loraine Miranda

Em mais um edição sobre outros colecionadores de Barbie, trouxe hoje uma colecionadora super divertida,  Loraine Miranda, 25, reside em SBC, São Paulo e trabalha na área de educação Infantil como professora.

Foto fornecida pela: Loraine Miranda
Foto fornecida pela: Loraine Miranda

A Loraine é super sincera e direta ao assunto (risos). Confesso que me surpreendeu muito em suas respostas e até creio que possam causar uma polêmica aqui no blog (#brincadeirakkk).

Bom, Confiram mais uma entrevista exclusiva aqui no Barbies Collectors e conheçam mais uma nova amiga que conheci por um bloco de sorte. Se divirtam!

Qual foi a sua primeira Barbie e o que mais lhe chama atenção nela?

Enquanto criança, não lembro se foi a Barbie aeromoça ou a Barbie Cinderela… Não me lembro de ter outras Barbies além dessas, mas deve ser porque eram minhas preferidas. Não sei a razão do pedido da Barbie aeromoça para o meu pai, mas lembro de que foi um pedido especial… A Cinderela foi uma surpresa, não achava que fosse ganhar… Mas também não lembro o porquê de ter pedido… Amava as roupas dela e os sapatos, brinquei até não poder mais!

Agora, da coleção… Não lembro se primeiro peguei a Mary Poppins e o Bert ou se foi a Dorothy e o Leão… Mas o que me impressionou, tanto nuns como noutros, foi à semelhança com os artistas e as personagens… e, também, o cuidado com as costuras… Os achei perfeitos! (E os comprei, porque são algumas histórias que me marcaram quando criança – minha coleção gira em torno disso). Acho que é um pouco de mim que posso pegar e manusear.

Há quanto tempo você coleciona Barbies?

Eu poderia dizer que coleciono desde criança, mas não é verdade, porque minhas Barbies desta época já não existem mais, infelizmente… Acho que comecei a colecionar, mesmo, depois que trouxe minhas primeiras Collectors pra casa (Dorothy, Leão, Mary e Bert). Calculo uns quatro anos…

Foto: Loraine Miranda
Foto: Loraine Miranda

Por que começou a colecionar Barbies?

Em verdade, eu parei de brincar muito tarde com bonecas… (sou uma escritora frustrada) e brincar com bonecas me permitia inventar muitas histórias, personagens além de lidar com eles diretamente; quando fui ficando adolescente passei a usar isso para escrever). Então, sempre tive  bonecas (não apenas Barbies) por perto. Depois dos 16 anos, eu as deixei um pouco de lado e comecei a ficar somente com os cadernos… E depois que comecei a trabalhar, as coloquei na caixa de brinquedos das minhas crianças…

Um dia, estava numa loja de brinquedos e conheci as Collectors, não sabia que existiam tantas e que eram tão perfeitas (achava que eram coisas bem distantes, que nunca veria em lojas, por exemplo), as achei muito bonitas! Então vi a Dorothy, o Leão covarde, o Bert e a Mary Poppins (não lembro ao certo qual foi primeiro). Fiquei alucinada e querendo pôr a mão neles! Acabei comprando eles e viraram meus xodós. Não lembro bem quanto tempo faz, acho que uns quatro anos… Sei que foi o suficiente pra me fazer voltar a amar as Barbies.

Não lembro bem se foi um pouco antes ou depois disso, minha irmã começou a colecionar bonecas também, só que com ela foi bem diferente (e ela tem MUITO mais bonecas, a coleção dela tem 5 ou 6 vezes o tamanho da minha :O), isso para poder dizer que uma acabou influenciando a outra (não no quesito de loucuras, ela ganha nisso também, com certeza rsrsr).

Eu gosto mais das Collectors e procuro aquelas que são de coisas que fazem parte da minha história (personagens de livros, filmes e séries, por exemplo). Entretanto, tenho algumas que não são bem deste meio, mas que não pude resistir ao charme e acabei levando pra casa também… (tipo a fashionista, a Stacie e a Basic002 #3). (Minha irmã tem todos os príncipes e princesas, Barbies de todos os tipos, algumas Collectors, muitas playline, vários amigos/familiares, rsrsrrs… uma louca que está precisando de mais armários pra guardá-los).

Qual Barbie que você não tem e que seria o seu maior sonho de consumo?

Tenho uma pequena lista (a lista eterna) queria completar as coleções que já comecei. Fora estas, acho que o meu maior sonho de consumo são as Barbies inspiradas pela mitologia greco-romana… Especialmente Athena (que tem outra versão, sem armadura, como Deusa da Sabedoria, maravilhosa, também) e Medusa.

Qual fato na história da Barbie que mais lhe chama atenção?

O mais impressionante, para mim, é o modo como à boneca começou a ser vendida. Acho que, na verdade, sempre me impressiono quando alguma coisa começa… Quem olha para qualquer coisa ou ser, depois de algum tempo, nunca imagina a história dela lá no comecinho (às vezes, pouco se importa com isso, ignora mesmo…).

Qual a Barbie que você mais gosta? Por quê?

Então… Era isso que eu temia… As minhas são todas que me agradam, e as da lista-eterna, são minhas preferidas. É bem difícil escolher uma, mas sou encantada pela coleção do Mágico de Oz e da Mary Poppins… É tudo muito perfeito… Os detalhes, o cuidado… Mas acho que a minha preferida é a Alice porque tem a ver com a minha história preferida também.

Foto: Loraine Miranda
Foto: Loraine Miranda

Onde você compra suas bonecas?
Bom, em vários lugares. Algumas consigo encontrar em lojas por aqui mesmo (ou em lojas virtuais), quando tenho bastante paciência em procurar. Outras, quando estão muito caras ou difíceis de encontrar, acabo fazendo negócios com vendedores brasileiros que moram fora ou que viajam para o exterior e conseguem trazer a boneca para mim (compensa muito, na maior parte das vezes).

Qual a maior loucura que você já fez para comprar uma boneca Barbie/amigos?

Bom, acho que foi estourar o limite do cartão de crédito. Depois disso, eu o escondi por um tempo (incluindo, nisso, gastar muito mais do que eu pretendia numa boneca).

Foto: Loraine Miranda
Foto: Loraine Miranda

Se você pudesse pedir a Mattel que produzisse uma Barbie exclusiva para você, de alguma personalidade, qual você escolheria?

Ah, pode parecer que sou a pessoa mais egocêntrica do mundo, mas eu ia querer muito um mini-me (risos): uma Barbie mais rechonchuda e de cabelos bem enroladinhos… rsrsrsr… Mas eu não sou personalidade, então… Acho que uma Barbie da Frida Kahlo seria bem charmosa ou um Ken de Fernando Pessoa (se eu pensar mais vou ficar bem em dúvida).

A Barbie/amigos interferiu na sua forma de pensar ou ser?
Na verdade, sim. Este hobby tem me ajudado muito a relaxar e a dar um tempo do trabalho, quando estou muito cansada e estressada, gosto de ficar olhando fotos das bonecas de outras pessoas. Também produzo cenários, roupinhas (por mais que eu não seja boa na arte da costura, eu insisto e me divirto muito com isso – tem me feito mais paciente), coisas que eu fazia quando era pequena. É como se fosse uma parada no tempo e da correria e loucura do dia-a-dia.

Como você faz para manter suas Barbies sempre limpas?

Eu retiro TODAS da caixa (mas guardo as caixas também), porque sou ansiosa demais para mexer em tudo nelas, colocá-las no stand, deixá-las perto umas das outras e ter a sensação de que é só ir até o armário e pegá-las, sem nenhum ritual/dificuldade.

Por isso, me preocupei em ter algum lugar onde pudesse deixá-las expostas e protegidas de umidade, bolor, poeira, sol… Arranjei uns armários com portas de vidro pra isso. Até hoje, nunca vi nada inadequado lá dentro, nem mesmo camadas de poeira, mesmo assim, eu procuro abrir as portas para ventilar um pouco… Não tenho uma frequência exata para isso… Sempre que vou mexer em alguma coisa, abro por uns minutos.

Foto: Loraine Miranda
Foto: Loraine Miranda

Como os seus familiares/amigos reagem ao fato de você ser um colecionador de Barbies?

Os que sabem, entendem, eu acho, rsrsrs… muitos deles querem ver, saber como é e perguntam algumas coisas… Outros acham um absurdo à grana envolvida (geralmente não perguntam sobre isso, mas alguns sabem), mas não me reprimem em nada, nem criticam… Parece meio estranho, mas é isso mesmo, rsrsrs… (apenas minha outra irmã, às vezes, pergunta se eu quero o número da conta dela, rsrsrsr). Entretanto, como não é sempre que eu me manifesto sobre isso, é um hobby muitas vezes desconhecido pela maioria deles (até visitarem o meu quarto e, então, ficam encantados, ainda não vi outra reação).

Qual seu estilista favorito das Barbies Collectors?

Os colecionadores de Barbie vão me considerar uma herege ou uma farsante, mas eu pouco me importo com quem assinou as bonecas (Embora isto soe contraditório quando eu digo que não me importo com quem assinou pelas bonecas, mas eu não quero que pareça desprezo pelo artista por trás da boneca… não é isso, é só que não tenho um preferido, porque olho pela boneca, não pelo artista) observo o trabalho final… Alguns são admiráveis, mas não vejo quem as assinou… Sei que isso é feio de se admitir, mas é assim que é…

Apenas sei que há um que é o queridinho da maioria dos colecionadores e que algumas das bonecas que chamaram a minha atenção foram assinadas por ele, mas não todas… Então, não saberia escolher, eu acho que escolheria a boneca preferida (embora seja uma decisão mais difícil ainda).

 “A Barbie não é apenas uma boneca, ela é a história e moda também.” E para você, o que ela significa?
Acho que a minha ideia é bem menor que esta rsrsrs. É aquela de a parada no tempo mesmo. Para mim, representa um lugar, que é mágico e divertido, no tempo, onde eu posso ir e levar pessoas queridas comigo.

Foto: Loraine Miranda
Foto: Loraine Miranda

Qual mensagem você deixa para outros colecionadores de Barbies?

Acho que todo mundo deve fazer e ser aquilo que quer fazer e ser desde que não se acabe com isso e nem acabe com o fazer e o ser dos outros. Se uma pessoa é feliz e sã colecionando bonecas… que assim seja.

Foto: Loraine Miranda
Foto: Loraine Miranda

 

E aí, o que vocês acharam da Lolo?

Aguardem a nosso próximo colecionador aqui no blog!!!Se quizer fazer parte desta família, entre em contato e nos fale sobre você que será uma honra postar a respeito!

 

Montserrat Pedrero fala sobre seu hobby para o Barbies Collectors

Montserrat Pedrero, leitora do Barbies Collectors, é uma brasileira que reside na Espanha e que também coleciona Barbies, que segundo ela, um sonho de Infância (título de seu blog “Un Sueño de Infancia”) e nada mais legal a um papo para conhecer melhor o seu lado colecionadora.

Uma pessoa de personalidade forte e decidida. Muito paciente também rsrrsrs confesso que custei a postar nossa entrevista devido à correria do dia a dia que não me dá descanso. Mas voltando ao assunto, a nossa colecionadora de hoje ama bonecas desde a infância e nada mais legal a falarmos sobre o que gostamos, não é? Então confiram mais uma entrevista do Barbies Collectors:

  • Há quanto tempo você coleciona Barbies?

Coleciono Barbies realmente desde que sou pequena, quando ganhei aos três anos minha primeira, uma noiva da Estrela, e depois juntava o dinheiro que a minha família me dava para ir ao Toy’s’rus e escolher a que mais gostasse.

Claro que em 2009 decidi virar colecionista de Barbie da linha Collector ou das chamadas Vintage, que são as originais de décadas posteriores. Tenho a intenção de continuar comprando Barbie até bem velhinha.

  • Por que você começou a colecionar Barbies?

Decidi um belo dia virar colecionista depois que percebi que não parava de pesquisar na internet por Barbies que tive, pelas atuais, olhar no Barbie Collector dos Estados Unidos. Em fim, redescobri meu amor por elas de sempre só que dessa vez tinha condições econômicas suficientes para fazer cumprir o meu sonho de infância que era ter muitas Barbies bem conservadas. E aqui na Espanha sai mais em conta ao Brasil, por exemplo, que são muito mais caras.

  • Qual foi a sua primeira Barbie e o que mais lhe chama atenção nela?

A primeira Barbie que tive foi uma noiva, produzida pela Estrela, autorizada na época pela Mattel no Brasil para produzir Barbie. Isso foi quando tinha três anos em 1986 e a Barbie devia ser de 1980.

Lembro que vi a boneca numa saída com a minha avó por Pederneiras/SP, a cidade da minha família materna, e a quis no mesmo instante. Minha avó estava acostumada a não gastar dinheiro assim que me ignorou.

Fiquei doente pela boneca e minha avó, finalmente, decidiu fazer a minha vontade. Só que ela me deixava brincar com ela me vigiando para eu não estragá-la. Mal sabia eu que ela estava ensinando-me o respeito pelos brinquedos e criando um “monstrinho” que um dia chegaria a colecioná-las.

Hoje em dia somente conservo o vestido, mas em perfeitas condições depois de alguns lavados a máquina. Ele já não é mais branco puro, mas conserva todas as bolinhas de Glitter e os botõezinhos perfeitos nas costas.

Comprei uma vintage de 1980, “Fun to dress” para poder restaurá-la e me de  lembro quando era somente um bebé.

  • Qual seu estilista favorito das Barbies Collectors?

Tenho devoção pelo Byron Lars. Adoro o jeito “over” de misturar estampados diferentes e a magia com que usa as cores. Sempre cria bonecas que mais parecem ser OOAK (únicas no mundo), cheias de detalhes rococós: Joias, cílios de verdade, riqueza de materiais, etc. E ele sempre usa bonecas negras, pois ele é negro e acredito que seja sua firma de artista.

  • Qual a Barbie que você mais gosta? Por quê?

A Barbie que eu mais gosto, e que tenho o prazer de ter na minha coleção, é a “Tarina Tarantino Barbie”, boneca que representa o mundo da designer americana de joias maravilhosas, Tarina Tarantino.

Com certeza é a minha preferida pela riqueza de detalhes em joias, complementos, sapatos com Strauss, cílios, coroa, meias rendadas rosinha… Em fim, poderia estar horas e horas descrevendo-a. É uma obra de arte do mais característico que a Barbie tem: A cor Pink, em seus longos e encaracolados cabelos.

Tarina Tarantino Barbie Doll; Foto: Barbie Collector/Mattel
  • Qual Barbie que você não tem e que seria o seu maior sonho de consumo?

Somente tenho duas da grande coleção das bonecas do Byron Lars, a “Pepper” e a “Sugar”. Assim, qualquer outra deste grande designer seria meu sonho de consumo. Mas se tivesse que disser uma, seria a “Mbili” do Byron Lars.

  • Como você faz para manter suas Barbies sempre limpas?

Tenho todas elas em duas vitrines de vidro da IKEA, a única vitrine dessa marca boa e barata que tem as medidas exatas para caber as Barbies em pé, em exposição.

Protegi da poeira as pequenas frestas de espaço das portas das vitrines com protetores emborrachados do frio para janelas. Mas isso não impede que entre a maldita poeira. Assim, de vez em quando tiro uma por uma e limpo as vitrines. O melhor mesmo e não encostar muito nelas com as mãos sujas. Tê-las somente para olhá-las.

Foto: Cedida para o Barbies Collectors pela Montserrat Pedrero. (Ela é bonita, não é? Os homens de platão não olhem apenas para ela não, viu? rrsrrsr vejam também a vitrine como é uma graça!).
  • Quais critérios você usa para escolher suas Barbies Collectors?

Os critérios que percebi que uso com frequência são relacionados ao meu gosto pessoal. Assim, gosto de extravagância nas cores ou em seu efeito, um uso magistral do tom sobre tom. Adoro tudo o relacionado aos anos 50 e todo o mundo Barbie Vintage me deixa como louca. Gosto muito da coleção de Silkstones pelo material, pelo molde de face e porque quase sempre são reproduções fantásticas da mulher dos anos 40 e 50.

Não escolho bonecas somente pelo “Label” à que pertençam. Mas se vejo uma que tem poucas unidades produzidas e não me mata de amores esteticamente, também compro para fazer rica e interessante a minha coleção.

  • Como os seus familiares/amigos reagem ao fato de você ser um colecionador de Barbies?

Quase todos eles ficam felizes e me apoiam em seguir colecionando ainda que perceba muitas vezes que a ignorância no tema faz com que não possa conversar com a maioria deles sobre o mundo que tanto adoro.

Tenho também uma porção de amigos que me vê como “freakie” e muitos outros acham que gasto dinheiro à toa. Realmente é um luxo poder ser colecionista de Barbies. Mas não me importa, sei que é difícil de entender para quem está fora disso tudo. É difícil para eles compreender os términos técnicos e sobre tudo a diferença entre bonecas “playline” e bonecas “Collector”.

  • Qual mensagem você deixa para outros colecionadores de Barbies?

Que continuem com essa ilusão que representa pertencer a esse amor por estas maravilhosas bonecas. Que eles são quem fazem com que a cada ano que se passa a coleção lançada seja maior e mais linda. E que comprem devagarinho no começo, porque normalmente a emoção do início, junto com a inexperiência, faz com que às vezes compremos coisa que não queremos. Temos toda a vida por diante, colecione sim, mas com muito critério sempre.

Confiram agora fotos da coleção de Montsserra e matam um pouco da curiosidade!

Foto: Cedida pela Montserrat Pedrero ao Barbies Collectors.
Foto: Cedida pela Montserrat Pedrero ao Barbies Collectors.
Foto: Cedida pela Montserrat Pedrero ao Barbies Collectors.
Foto: Cedida pela Montserrat Pedrero ao Barbies Collectors.
Foto: Cedida pela Montserrat Pedrero ao Barbies Collectors.

E aí, o que vocês acharam dela?

Se quizer ser entrevistado por mim, entre em contato que será uma honra poder conhecê-lo!

Entrevista com Jose Montesdeoca

Quando afirmo que o Barbies Collectors está atravessando as fronteiras é verdade. O nosso convidado de hoje, é o belo Jose Montesdeoca (achei ele muito parecido com o Ken), do El Blog do Ken, direto da Espanha!
A coleção é uma graça. Super variada e bela. O blog dele também é muito interessante, fala sobre Barbie e seus amigos e sempre está trazendo novidades e entrevistas com outros colecionadores (amo esta parte) e aconselho a vocês, meus caros leitores a dar uma passadinha por lá.
Jose é uma pessoa ótima. Felizmente viramos amigos e sempre estamos nos falando em redes sociais. O melhor de tudo é saber que a Barbie me trouxe muitos amigos e que sempre posso contar com eles.
Inclusive esta semana estava conversando com um colega que visitou a galeria no Flickr e o blog de Jose e gostou muito de ver a coleção dele e de saber que era um homem (já que ele não sabia que existia este hobby de colecionar Barbies). Fiquei muito feliz e satisfeita com isso.
Também irei postar a versão original da entrevista em espanhol e a uma versão tradução em português tanto porque quando traduzida pode ter várias versões de acordo com o tradutor além de ser um respeito ao colecionador que nos deu a honra de participar.
Bom, vamos deixar de conversa e direto ao que interessa, confira mais uma entrevista especial aqui no Barbies Collectors com o Jose do El Blog do Ken:

Versão original:

1- ¿Cuánto tiempo ha recoger Barbies?

Comencé mi colección hace siete años. Mi mejor amiga sabía que me gustaban mucho, así que me regaló una Fashion Fever Teresa muy bonita el día de mi cumpleaños. Al día siguiente yo mismo compré más muñecas y ahora tengo unos 400.

2- ¿Por qué empezar a recoger Barbies?

Cuando era pequeño, la muñeca de moda era Barbie. Existían otras muñecas muy bonitas, como Nancy y Barriguitas, pero Barbie era la sensación. Mi tía, trabajaba en una juguetería y a veces habían Barbies en su casa. Me volvían loco, ¡Eran fascinantes! Creo que me enamoré de Barbie a primera vista. Jugué mucho con ella, pero cuando crecí ya no tenía tiempo para mis muñecas. El día que comencé mi colección, volví a ser un poco niño.

3- ¿Cuál fue su primera Barbie y cualquier otra cosa que llamar la atención sobre él?

De pequeño mis Barbies eran las de la época Super Star, “Barbie trenzados mágicos”, “Barbie Bailarina”, “Barbie Hollywood Super Star”… y muchas más de aquella época de principios de los años ochenta. Sin embargo, mis primeras muñecas de colección fueron Fashion Fever y Barbie princesa del mundo Sudafricana. ¡Me encantan las muñecas negras!

4- ¿Cuál es tu diseñador favorito de los coleccionistas de Barbie?

Me gustan varios, no puedo decidirme por uno solo. Me gusta la fantasía de Mackie  y la manera en la que ha reinventado a Barbie. De Rober Best destacaría su elegancia y glamour. También soy un seguidor del trabajo de Bill Greening, que ha hecho mucho por la marca también.

5- ¿Qué te gusta Barbie? ¿Por qué?

Barbie puede ser cualquier cosa que tú quieras. Todos tenemos sueños y deseos y podemos hacerlos realidad si realmente nos esforzamos en ello. Barbie hace de su vida algo fácil, sencillo, pero eso sí ¡Siempre a la moda!

6- Barbie-Lo que usted no tiene y que sería el mayor consumidor de sueño?

Ahora estoy muy interesado en las muñecas Vintage. Me encantaría conseguir una Barbie ponytail #1 original. ¡Es tan cara! Algún día será  mía…

7- ¿Cómo mantener su Barbies siempre limpio?

Mi casa no es muy grande, así que es muy importante el orden y la limpieza. Tengo un dollroom, diseñado especialmente para Barbie con armarios y vitrinas. Así no entra nada de polvo. Por su puesto, todo es blanco y rosa.

8- ¿Qué criterios utiliza para elegir a sus coleccionistas de Barbie?

En primer lugar, el año en el que fue editada la muñeca y su precio. Me fijo mucho en los pequeños detalles, en cómo está conservada y si tiene buen aspecto. Pero sobre todo, la caja tiene que estar impecable, pues en mi colección, tiene igual de importancia la muñeca y la manera como viene presentada.

9- ¿Cómo su familia / amigos reaccionar ante el hecho de que usted es un coleccionista de Barbies?

A mi familia y a mis amigos les encanta mi afición. Ellos me han regalado muchas de mis muñecas en Navidad y en mi cumpleaños. Cada vez que ven una Barbie en una juguetería se acuerdan de mí y me llaman por teléfono. Al principio ellos no sabían nada de Barbie y ahora saben su historia, su precio y ¡comprar en Ebay! Disfruto mucho cuando mi padre me ayuda a elegir alguna muñeca o a organizar mis vitrinas.

10- ¿Qué mensaje le dejaría a otros coleccionistas de muñecas Barbie?

Les diría que ser un coleccionista es algo muy especial, muy íntimo, pero que compartido es aún más bonito. Animaría a todos a contar cómo son sus colecciones, a poner fotos y vídeos y a compartir sus experiencias. Hoy por hoy, mi mayor satisfacción como coleccionista, es poder reunirme con otros que como yo, somos unos locos de la pequeña rubia.

Versão traduzida do espanhol para o português:

1- Há quanto tempo você coleciona Barbies?

Comecei minha coleção, há sete anos. Meu melhor amigo sabia que eu gostava muito, então que me deu uma bela Moda Febre Teresa no meu aniversário. No dia seguinte, eu comprei mais bonecos e agora tenho cerca de 400.

2- Por que começou a colecionar Barbies?

Quando eu era pequeno, a boneca Barbie era a moda. Havia outras bonecas muito bonitas, como Nancy e Barriguitas, mas Barbie era a sensação. Minha tia trabalhava em uma loja de brinquedos e às vezes tinha Barbies em casa. Deixavam-me louco, eram fascinantes! Acho que me apaixonei pela Barbie à primeira vista. Brinquei muito com ela, mas quando cresci já não tinha tempo para minhas bonecas. O dia em que comecei a minha coleção voltei a ser uma criança.

3- Qual foi a sua primeira Barbie e o que mais te chamar a atenção nela?

Quando criança minhas Barbies eram a da época Super Star, “Barbie torcida mágica”, “Barbie Bailarina”, “Barbie Hollywood Super Star”… E muitas outras do ínicio dos anos 80. No entanto, as minhas primeiras bonecas Barbie de coleção foram a Princesa Fashion Fever e a Princesa da África do Sul no mundo. Eu amo bonecas negras!

4- Qual é o seu estilista favorito de coletores de Barbie?

Eu gosto de muitos, não posso citar apenas um. Eu gosto da fantasia de Mackie e da forma que a Barbie tem reinventado. De Robert Best destacaria a sua elegância e glamour. Eu também sou um seguidor do trabalho de Bill Greening, que tem feito muito pela marca também.

5- O que você mais gosta da Barbie? Por quê?

Barbie pode ser o que quiser. Nós todos temos sonhos e desejos e podemos alcançá-los se realmente trabalharmos duro para isso. Barbie faz de sua vida algo fácil, sensível, mas a moda é sempre assim!

6-Qual Barbie você não tem e que seria o seu maior sonho de consumo?

Agora eu estou muito interessado nas bonecas vintage. Eu adoraria ter uma Barbie ponytail #1 original. É tão cara! Algum dia será minha…

Foto: Barbie Collector

7- Como mantem suas Barbies sempre limpas?

Minha casa não é muito grande, por isso é muito importante a ordem e limpeza. Eu tenho um dollroom, projetado especialmente para Barbie com armários e gabinetes. Assim não entra poeira. Claro, tudo é preto e rosa.

Foto: Jose Montesdeoca

8- Quais os critérios utilizados para escolher as suas Barbies Collectors?

Primeiramente, o ano em que foi lançada e seu preço. Eu observo muito nos detalhes, como é preservada e se ela está boa. Mas acima de tudo, a caixa tem que está perfeita, porque na minha coleção ela tem igual importancia a da boneca e da forma como é apresentada.

9- Como a sua família / amigos reagem ao fato de você ser um colecionador de Barbies?

Minha família e meus amigos amam minha afeição. Eles me dão muitas de minhas bonecas no Natal e no meu aniversário. Cada vez que veem uma boneca Barbie e se lembram de mim me chamam pelo telefone. No início eles não sabiam nada sobre Barbie e agora sabem a sua história, seu preço e comprar no Ebay! Eu gosto muito quando meu pai me ajuda a escolher uma boneca ou a organizar em minhas vitrines.

10- Que mensagem você deixaria para outros colecionadores de bonecas Barbie?

Eu diria que ser um colecionador é muito especial, muito íntimo, mas a partilha é ainda mais bonita. Gostaria de encorajar a todos a falar sobre como são suas coleções, para pôr fotos e vídeos e partilhar as suas experiências. Hoje, minha maior satisfação, como um colecionador, é me reunir com outros iguais a eu que são loucos pela pequena loira.

Nesta foto: Jose Montesdeoca

A coleção dele é enorme (400 bonecas por enquanto) e tão linda que acabei pegando muitas fotos da galeria dele no Flickr e para ver muito mais, visitem-na e não se arrempederão: tem fotos do Museu de Barbie na Espanha, da coleção dele e muito mais.

Este slideshow necessita de JavaScript.

E aí, o que acharam do Jose?

Entrevista com Samira

Na edição de hoje, o Barbies Collectors entrevistou a Samira do blog My Barbie Doll, um dos meus favoritos lugares na Web que tratam sobre a Barbie, inclusive foi a partir dele que surgiu a ideia de criar o BC e a partir disto posso conversar e passar para vocês as novidades sobre a Barbie. Acredito que os meus blogs me deram mais liberdade de expressão e abriu portas para muitas amizades. Através destas entrevistas, conheci pessoas maravilhosas e com muito para me passar, cada um com seu modo.
Há tempos que queria convidar a Sam para participar de uma entrevista. Sabia que ela tinha muito para contar-nos assim como o blog dela que sempre traz novidades e tira aquelas dúvidas que nós, colecionadores iniciantes queríamos tirar.
Ela atendeu as minhas expectativas quanto à entrevista. Sempre quando envio as perguntas fico ansiosa para ver as respostas. É por meio delas que vejo um pouco do histórico daquele colecionador (tenho quase certeza que os leitores do My Barbie Doll irão gostar) ou se passou por algo que passei.
Cada colecionador que entrevistei deixou sua forma de ver e pensar sobre o Mundo Barbístico. Por este motivo, afirmo que todos foram importantes para a formação deste blog que aos poucos foi dando um jeitinho ali e aqui, fazendo o melhor (sempre com suas delimitações) para vocês, meus queridos leitores!
Espero que gostem desta entrevista e que eu possa ter o apoio de vocês para muitas outras.

 

1-Há quanto tempo você coleciona Barbies?
Coleciono há aproximadamente dois anos e meio e tenho 86 bonecas, entre Barbies, Kens e amigos da Barbie. Também coleciono bonequinhas de porcelana da DeAgostini (Damas de época). No blog mantenho uma página com as Dolls que fazem parte da minha coleção (http://mybarbiedoll.com.br/my-collection-minha-colecao/), onde também é possível acessar um link com fotos reais das bonecas.

 

2-Por que você começou a colecionar Barbies?
Tive Barbies na minha infância, mas durante a adolescência as deixei de lado. Anos depois, já adulta, comecei a pesquisar sobre o assunto e descobri que a Mattel produzia uma linha especial para colecionadores. Analisando as bonecas da linha Collector me encantei e comecei a adquirir, mas não só Collectors. Também compro Playline, sempre que me agradam.

 

3-Qual foi a sua primeira Barbie e o que mais lhe chama atenção nela?
Minha primeira Barbie de coleção foi a Cynthia Rowley. Achei a caixa fofa, com lacinho azul, e quando vi a boneca também a achei muito diferente. Gosto da roupa, dos acessórios e da embalagem, claro. Quando vejo uma boneca que julgo interessante, mas que também tem uma caixa especial, isso me cativa e faz com que adquira o produto.

Foto: BC/Mattel;
Cynthia Rowley; Foto: BC/Mattel.

 

Cynthia Rowley; Foto: Samira

 

Caixa da Cynthia Rowley ; Foto: Samira

4-Qual seu estilista favorito das Barbies Collectors?
Sou fã do Robert Best, principalmente pelo fato de ser o designer da Barbie Fashion Model Collection. Acho as Silkstones – bonecas feitas neste material e que integram a BFMC – muito elegantes, além do esmero e riqueza de detalhes dos trajes e acessórios de cada uma, então decidi também investir nesta coleção. É claro, outros designers também fazem excelentes trabalhos, como são os casos de Byron Lars, Bob Mackie, Linda Kyaw, entre outros.

 

5-Qual a Barbie que você mais gosta? Por quê?
É difícil eleger uma entre tantas que anualmente são lançadas, fora as que já foram lançadas em anos anteriores. Se fosse eleger uma da minha própria coleção, seria a BFMC The Siren. Encanta-me o modo elegante como está além do vestido. O olhar misterioso também é algo que gosto muito. Tenho um carinho muito especial por ela, e se um dia fosse me desfazer da coleção – espero que isso não aconteça tão cedo – não a daria, tampouco venderia. Apesar de não ter sido a minha primeira boneca, é uma das minhas preferidas.

 

6-Qual Barbie que você não tem e que seria o seu maior sonho de consumo?
Outra pergunta difícil de responder, porque são tantas as bonecas que desejo ter um dia, que simplesmente é difícil eleger apenas uma. Mas hoje gostaria muito de ter a Tokidoki, pela polêmica causada em torno de suas tatuagens, além de ser atualmente uma boneca rara e muito cara. Fora a caixa, que é linda! (Sou suspeita para falar de caixas de bonecas…).

tokidoki Barbie; Foto: BC/Mattel.

7-Como você faz para manter suas Barbies sempre limpas?
Atualmente minha coleção está dividida: parte se encontra exposta, fora da caixa, mas dentro de uma cristaleira – que comprei especialmente para expô-las -, e a outra parte (mais da metade) dentro de suas embalagens originais. Sempre que compro uma, a retiro da caixa, admiro tiro fotos para meu blog (www.mybarbiedoll.com.br) e as reponho novamente. As que estão na cristaleira são todas as Silkstones, entre outras que considero mais especiais (Grace Kelly The Bride, Pepper By Byron Lars, Generations), entre outras. As demais mantenho nas caixas em prateleiras de vidro e semanalmente limpo as prateleiras com pano úmido, seguido de pano seco para enxugar bem e evitar que o local fique molhado. Vejo caixa por caixa para analisar se não há nenhum ponto de mofo, umidade ou pragas como traça, por exemplo, e estando normais, as reponho na prateleira. Além disso, também deixo em cada prateleira potes de Seca-mofo (com sílica) para reter a umidade e evitar que atinja as bonecas. As que estão na cristaleira analiso uma a uma para verificar se estão em perfeitas condições, limpo o armário – antes, retiro todas –  e as reponho em seguida. Também deixo potes de sílica dentro da cristaleira para reter umidade. Porém, como o armário tem portas de vidro, demora a ter problemas como poeira, por exemplo, e acabo limpando-o quinzenalmente. Mas um dia pretendo retirar todas da embalagem, é claro, caso tenha armários fechados com portas de vidro para evitar danos.

Foto: Samira
Foto: Samira

8-Quais critérios você usa para escolher suas Barbies Collectors?
As que eu gostar! Cheguei um tempo a me dedicar somente às BFMC (Silkstones) e às classificadas como Gold Label, mas por serem mais caras e, quanto mais raras, mais caras ainda, então, parei com esse critério e hoje compro somente as que gostar mais, independente do Label ou da linha (se Collector ou Playline). Admiro quem consegue ter um foco definido, mas a cada ano são tantas as bonecas lindas lançadas pela Mattel que seria muito difícil evitá-las e comprar somente as de um critério específico.

 

9-Como os seus familiares/amigos reagem ao fato de você ser um colecionador de Barbies?
Minha família me apoia e até me dá Barbies, de vez em quando. Meu marido super apoia e inclusive participa da minha coleção, opinando e comprando algumas bonecas. Como ele e eu somos cinéfilos, também gostamos de comprar bonecas que representem filmes e unir ambos os hobbies. O meu filho também se diverte quando adquiro uma boneca nova.

 

10-Qual mensagem você deixa para outros colecionadores de Barbies?
Independente se é homem ou mulher, criança ou adulto, é muito importante fazer aquilo que se gosta, que lhe traz felicidade, sem que prejudique sua vida financeira ou física e mental. Procuro dizer aos colecionadores que estão começando que hobby é algo super saudável, mas que quando começa a atingir sua vida financeira, trazendo dívidas, por exemplo, isso é um mau sinal. Considero como vício aquilo que lhe traz dano, psíquico ou financeiro. Se a coleção de Barbies lhe proporciona isso, é porque não é um hobby. Tornou-se um vício. Portanto, é bom manter um equilíbrio. E quanto ao preconceito, não liguem para que os outros irão pensar: o importante é você curtir aquilo que lhe dá prazer, satisfação e felicidade. Assim a vida fica bem melhor, para você e para quem está ao seu redor.

Nesta foto: Samira ao lado de Robert Best; Divulgação: Samira do My Barbie Doll.

 

Confiram blog da Samira,  http://mybarbiedoll.com.br/, e fiquem por dentro de todas as novidades sobre a Barbie (confesso que sou fã da carteirinha) e vejam sempre os Reviews, onde a Sam fala especificamente de uma de suas Dolls. Vale a pena ver também a galeria do Flickr, cheia de fotos lindas!

 

Grace Kelly The Bride; Foto: Samira

 

The Secretary; Foto: Samira

 

E aí, o que vocês acharam da Sam? Atendeu as expectativas de vocês?

Entrevista com Sandra Bernal

O Barbies Collectors trouxe mais uma entrevista especial, desta vez com a colecionadora Sandra Bernal, criadora do site the Doll Cafe.
Quem assistiu ao documentário: Colecionando Sonhos, integrante do extra do DVD Barbie em A Canção de Natal (já falado aqui antes), a viu ao lado de sua filha, sendo convidada para um dia encantado na fantástica Fábrica de Brinquedos, Mattel, onde acompanhou a produção de uma Barbie Holidays.
Sandra é dos EUA e como já falei antes, possui um site também relacionado à Doll mais famosa do Mundo, The Doll Cafe, por sinal, ótimo para colecionadores e admiradores da Barbie.
A coleção dela é simplismente enorme e linda, para matar a curiosidade de vocês, vale a pena, visitar sua galeria no Flickr.
Foi legal falar com uma pessoa bem mais experiênte e simples como ela. Espero que gostem!

Versão Traduzida do inglês para o português:

1-Há quanto tempo você coleciona Barbies?

Enquanto uma criança 1969-1979. Como um adulto desde 1998.

2-Por que você começou a colecionar Barbies?
Eu a amava como uma filha, mais tarde, quando tive uma filha redescobri-las e quiz compartilhar meu amor pelas Barbies com ela.

3-Qual foi a sua primeira Barbie e o que te chama atenção nela?

Eu realmente não lembro qual foi à boneca que eu recebi aos quatro anos. Esta foi a minha Barbie favorita da infância. Eu a comprei de volta mais tarde no ebay.

1969 1160 TNT Barbie

4-Qual é o seu estilista favorito das Barbies Collectors?
Eu amo os desenhos do Robert, mas Bill e Linda têm Barbies incrível que eu amo também. Acho que colecionar é o que eu amo!

5-O que você gosta da Barbie? Por quê?
Eu considero cada Barbie uma obra de arte minúscula. Como o designer a interpreta me surpreende. Eu amo os detalhes e todas as modas e acessórios.

6-Qual Barbie você não tem e que seria o seu consumo maior sonho?
Encontrar uma coleção vintage em algum lugar em bom estado.

7-Como você mantém as suas Barbies sempre limpas?
Não é fácil. Eu não posso estar sempre as limpando, mas armazeno em recipientes de plástico dentro de sacos plásticos, se elas não estão em suas caixas.

8-Quais critérios você usa para escolher as suas Barbies Collectors?

Eu gosto de comprar Barbies e acho que é muito difícil de mantê-las, mas vou também comprar algumas bonecas só por causa das roupas ou acessórios.
9-Como sua família / amigos reagem ao fato de você ser um colecionador de Barbies?
As maiorias das pessoas gostam de ouvir sobre a minha coleção e ver os bonecos exibidos em minha casa. Tenho certeza que os outros pensam que é estranho.  Eu realmente não escondo.

10-Que mensagem você deixaria para outros colecionadores de bonecas Barbie?
Nunca deixe sua criança interior escapar. Mantenha a Barbie em seu coração e desfrute de todas as recompensas que sua coleção traz e se conecte com colecionadores do mundo inteiro através de comunidades de bonecas online. Acima de tudo se diverta e seja criativo!

Sandra Bernal ao lado de Robert Best na Convenção Barbie 2011 em Ft. Lauderdale na Flórida; Foto: Divulgada pela Sandra Bernal e entregada ao Barbies Collectors.

Confiram algumas fotos da coleção de Sandra Bernal do The Doll Cafe:

Barbie Ooak
Pink In Pantone
Tarina Tarantino
White Chocolate Obsession
Grace Kelly The Romance
Tribute Barbie
Tokidoki
Nighty Brights Francie Giftset
Tribute Barbie
Barbie MAC

Para ver mais Barbies da coleção de Sandra, visitem o site dela ou a galeria no Flickr. Garanto que vocês não irão se arrepender. São bonecas variadas e lindas.

E você que também coleciona Barbies e quer nos mostrar, entre em contato!

Entrevista com Patrick Smith

O Barbies Collectors está atravessando as fronteiras! Isto mesmo felizmente conseguiu agradar o público afora do Brasil e passaremos a entrevistar pessoas de outros continentes ou países.
O colecionador de hoje é natural dos Estados Unidos e se chama Patrick Smith. Ele é apaixonado pela boneca mais famosa do mundo desde criança e seu amor só fez crescer com o passar do tempo.
Lembrando que a versão postada aqui foi traduzida e a original é em inglês. Espero que gostem!

Versão traduzida:

1-Há quanto tempo você coleciona Barbies?
Eu tenho sido “Colecionador” há aproximadamente 25 anos.

2-Por que você começou a colecionar Barbies?
Tenho algumas ótimas lembranças da Barbie em minha infância e pensei que seria divertido passar a coleciona-las quando adulto.

3-Qual foi a sua primeira Barbie e o que mais lhe chama atenção nela?
A primeira Barbie minha mãe comprou para mim quando criança. Era a Titian Talking Stacey (1968) com biquíne de duas partes listrado. Eu amava a cor cobre de centavo do cabelo dela. Eu também encontrei em um velho guarda-roupa a Midge que pertencia a minhas e elas deram para mim. Essas foram minhas duas primeiras Barbies.

Titian Talking Stacey

4-Qual seu estilista favorito das Barbies Collectors?
Esta é uma pergunta difícil. Eu realmente gosto da Barbie Billy Boy. Há tantas que agora são muito mais elaboradas, mas eu realmente gostei desta. O cabelo preto e rosto Steffie fazem dela uma boneca deslumbrante.

Foto: Retirada do site My Barbie Doll

5-Qual a Barbie que você mais gosta? Por quê?
A garota tem tudo. A vida de fantasia. O que para não gostar?

6-Qual Barbie que você não tem e que seria o seu maior sonho de consumo?

Como muitos colecionadores, eu adoraria ter a primeira Barbie. Eu também quero um japonês Sun Sun Eli e Francie japonesa de olhos azuis com seu pedestal.

Foto: Divulgação da Mattel (Primeira Barbie criada em 1959)

7-Como você faz para manter suas Barbies sempre limpas?
Eu os visto e então guardo em caixas de exibição clara. Eu raramente deixo minhas bonecas por longos períodos fora de suas caixas.

8-Quais critérios você usa para escolher suas Barbies Collectors?
Eu compro o que realmente gosto. No entanto, ultimamente tenho comprado bonecas para restaurar ou transforma-las para o meu gosto. Para isso, eu presto muita atenção ao pescoço. A pintura facial e cabelo podem ser pobres, contanto que a própria cabeça esteja em boas condições.

9-Como os seus familiares/amigos reagem ao fato de você ser um colecionador de Barbies?
Que às vezes são tomadas pelo tamanho da minha coleção. Eu tenho tantas agora. Mas, alguns são tão fascinados com a Barbie como eu sou.

10-Qual mensagem você deixa para outros colecionadores de Barbies?
Simplesmente para desfrutar de sua coleção.
Agora confiram as fotos de algumas bonecas da coleção do Patrick:

Staceys
Staceys
Sun Sun Francies
Francie
Malibu Francie
Japanese Midge

Todas as fotos foram retiradas da galeria dele no flickr. Quem ama Barbies antigas, não pode ficar sem visitar!